Moderar Comentários: Um Mal Necessário

Moderar Comentários: Um Mal Necessário

Tempos atrás houve um movimento entre os blogs, sugerindo que deixar os comentários liberados (aparecer publicamente assim que postados, com moderação posterior) seria uma boa prática, como incentivo aos comentaristas. Alguns blog grandes adotam esse método. Embora seja mais interessante para o visitante ver sua participação publicada logo, pode ser um problema, a não ser que você tenha uma equipe para monitorar os comentários com frequência, ou faça você mesmo isso ao longo do dia – algo que nem todos podem se dar ao luxo.

Como Moderar Comentários

A questão está no mau uso por parte de uma minoria, que acaba comprometendo o serviço todo. Mesmo que o WordPress ofereça sistemas de moderação automática, que retém comentários vindos de determinados IPs ou que contenham palavras pré-selecionadas, você pode ser surpreendido por ondas de spam que não sejam pegos pelo Akismet, ou pior: comentários ofensivos, que podem se transformar numa dor de cabeça maior.

Responsabilidade sobre comentários: do autor ou do blog?

Como dono de um espaço que foi aberto espontaneamente para discussão, o dono do blog pode ser responsabilizado pelo conteúdo dos comentários. Mesmo que você deixe claro em sua página de políticas de comentários que “os comentários não expressam a opinião do blog” (como alguns fazem), é preciso notar que a opinião só foi publicada ali porque nós demos voz e público a ela.

Em blogs com baixo número de comentários, é muito simples resolver: basta seguir ao painel de controle do seu blog, na opção Configurações > Discussão, e marcar a caixa “Um administrador tem sempre que aprovar o comentário”. Assim, todos eles deverão ser aprovados pelo editor ou dono do blog antes de aparecer publicamente.

Na caixa mais abaixo da anterior, você pode fazer o mesmo, desviando o comentário para a lista de spam.

Uma última solução, caso você tenha muitos comentários e não dê conta de verificar todos, é desativá-los, uma medida extrema e que vai matar uma das principais características de um blog, que é a discussão.

Porque somos responsáveis?

É claro que ter um blog com espaço para comentários, está envolvido um risco natural. Ao publicar o comentário (moderado, ou permitindo que ele apareça sem moderação), o autor / responsável pelo blog assume todos os riscos como publicador daquele texto, mesmo que não concorde com ele.

Comentários

Há casos na justiça brasileira (como você pode ver no artigo citado acima), em que o dono do blog acabou sendo responsabilizado (responsabilidade objetiva – – independente de culpa). Mesmo a possibilidade de identificar o autor do comentário pelo IP não isentaria o dono / responsável pelo blog de sua parte de culpa: ter dado espaço àquele comentário.

Então, tenha muita cautela ao aceitar comentários para não criar uma armadilha pra si mesmo. Depois não vai adiantar dizer que o culpado é o comentarista.